Agricultor da Etiópia cultiva as sementes da sobrevivência

Material produzido pela Rádio Rural Internacional em 1° de janeiro de 1994, como parte do pacote de informações n° 31.

Original em inglês disponível em: http://scripts.farmradio.fm/radio-resource-packs/package-31/ethiopian-farmer-grows-seeds-of-survival/.


Observações para as emissoras:

Conteúdo: agricultor etíope redescobre os benefícios do cultivo de variedades tradicionais de sorgo.


Roteiro:

Mohamad Abegaz Abuye é um agricultor etíope que sempre soube que as plantas antigas e tradicionais, às vezes esquecidas, podem ajudar a alimentar sua família hoje.

Mohamad cultiva dois hectares de terra com seu único filho. Ele usa quase tudo o que colhe para alimentar sua família. Ele cultiva sorgo, painço, trigo, vagem, lentilhas e grão de bico. O sorgo e o milho que ele estava cultivando até recentemente eram de variedades novas que precisavam de pesticidas e fertilizantes químicos para crescer bem.

Esses insumos eram caros e era muito difícil pagar por eles. Isso também significava que ele e a sua família eram expostos a produtos químicos perigosos e a sua terra recebia poluição química.

E havia outras desvantagens. Essas variedades eram muito afetadas por brocas e pássaros e mal adaptadas ao clima local.

Como vários outros agricultores mais idosos nessa região, Mohamad lembrou-se de algumas das variedades de sementes tradicionais e dos benefícios do seu cultivo. Essas variedades tradicionais também são chamadas de autóctones ou sementes crioulas. São variedades de plantas que vêm sendo cultivadas pelos agricultores há muitos anos, pois elas atendem a necessidades e condições climáticas locais específicas. Por isso, Mohamad estava interessado no projeto Sementes da Sobrevivência, que distribui essas sementes tradicionais aos agricultores da Etiópia. O projeto é conduzido por uma organização de desenvolvimento internacional do Canadá denominada Comitê de Serviço Unitário (USC Canadá). Quando foi convidado a participar do programa, Mohamad aceitou com entusiasmo.

No primeiro ano, ele concordou em cultivar as variedades de sementes tradicionais em um hectare da sua terra. Ele recebeu quatro variedades de sorgo. Algumas das variedades de sorgo não haviam sido cultivadas na região por muitos anos. Elas haviam desaparecido quando famílias de agricultores precisaram comer as sementes em tempos de seca e fome.

Mohamad está feliz por tentar novamente essas variedades tradicionais. Ele continua a cultivá-las na sua fazenda porque elas têm muitos benefícios. Ele economiza dinheiro porque não precisa comprar pesticidas ou fertilizantes químicos comerciais. Todas as variedades, exceto uma, toleram doenças e pragas, incluindo pássaros. E a sua produção é maior que com as variedades mais novas que ele cultivava antes. Ele ficou surpreso ao ver como o sorgo é forte e saudável.

Uma das variedades de sorgo que o projeto distribui era considerada completamente perdida. Mas o gerente de projetos da Etiópia encontrou por acaso uma amostra no ano passado. Ele observou um agricultor carregando o tipo de sorgo perdido e o comprou. Agora, ele está sendo cultivado e multiplicado nos campos dos agricultores. A variedade ainda está em risco, mas está a caminho da recuperação e, em mais um ano ou dois, haverá sementes suficientes para todos os agricultores da região.

Outro ponto importante é que o projeto Sementes da Sobrevivência compra a produção de volta a preço melhor que o de mercado. Isso é importante porque a fazenda de Mohamad produz apenas o alimento suficiente para a sua família.

Desde que Mohamad começou a cultivar essas variedades tradicionais, os seus vizinhos vêm assistindo e estão impressionados com o bom resultado da sua produção. Muitos deles agora estão interessados em receber algumas dessas mesmas sementes para tentar em seus próprios campos.

Mohamad vai trabalhar agora com cientistas e agentes de extensão para continuar o cultivo de sementes locais resistentes que os agricultores sabem que geram boa produção nos seus ambientes de cultivo exclusivos das aldeias.


Créditos:

O Comitê de Serviços Unitários do Canadá (USC Canadá) é uma organização de desenvolvimento internacional com programas na África e na Ásia. O programa Sementes da Sobrevivência do USC começou na Etiópia em 1988. Ele trabalha com cientistas e agricultores para preservar e promover o uso de sementes locais resistentes que geram colheitas sem o uso de insumos químicos caros. Essas sementes tradicionais fornecem à agricultura mundial, por sua vez, o material genético para desenvolver novas linhagens de sementes. O USC reconhece a interdependência da nossa oferta global de alimentos e o conhecimento dos agricultores para garantir a produção estável de alimentos.

A USC Canadá produziu um kit educacional Sementes da Sobrevivência, que discute a importância da preservação das sementes e os desafios enfrentados para garantir a sobrevivência das nossas sementes produtoras de alimentos.

Para mais informações sobre o projeto Sementes da Sobrevivência ou para pedir o kit educacional (disponível em francês e em inglês), entre em contato com:

USC Canada
56 Sparks St.
Ottawa, Ontário
Canadá K1P 5B1


A Rádio Rural Internacional (Farm Radio International) é uma organização canadense sem fins lucrativos dedicada a apoiar emissoras de rádio em países em desenvolvimento para fortalecer comunidades rurais e a agricultura em escala.

Segundo a organização, o material da Rádio Rural Internacional pode ser copiado ou adaptado para distribuição gratuita ou a preço de custo, com crédito para a Rádio Rural Internacional e para as fontes originais.

Esta versão em português é um trabalho voluntário, independente da organização e oferecido gratuitamente para as emissoras de rádio dos países de língua portuguesa. O texto foi traduzido para o português do Brasil, mas pode ser adaptado com facilidade para o português falado em outras partes do mundo (para dúvidas sobre os termos empregados, utilize o formulário de contato em https://radioruralportugues.wordpress.com/creditos-e-contato/).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s