Vencer a corrida com alimentos tradicionais

Material produzido pela Rádio Rural Internacional em 1° de outubro de 2002, como parte do pacote de informações n° 65.

Original em inglês disponível em: http://scripts.farmradio.fm/radio-resource-packs/package-65-food-and-nutrition-education/winning-the-race-with-traditional-foods/.


Observações para as emissoras:

Com o aumento do comércio entre os países do norte e do sul, as pessoas das nossas comunidades têm acesso a mais alimentos processados, embalados e “fast food”. A preparação desses alimentos é rápida e conveniente e algumas pessoas acham que comer esses alimentos lhes dá status. Mas, na verdade, muitos desses alimentos fazem tão mal à saúde que nós os chamamos de “junk food”. À medida que as pessoas comem mais junk food (alimentos rápidos e processados, como refrigerantes, doces, batatas fritas, pizza e lanches congelados), elas tendem a comer menos alimentos locais ou tradicionais e elas são mais propensas a tornar-se obesas e susceptíveis a doenças como câncer, diabete e doenças do coração.

Infelizmente, os alimentos tradicionais que podem fornecer dietas nutritivas estão sendo abandonados em favor desses alimentos processados. Alimentos tradicionais (também conhecidos como alimentos locais ou nativos) agregam uma série de nutrientes importantes à dieta. Do ponto de vista do agricultor, eles são práticos porque muitas vezes são bem adaptados ao solo e ao clima local. Além disso, é importante compreender que, comendo alimentos locais, nós incentivamos e apoiamos agricultores nas nossas próprias comunidades.

Você pode contribuir com a saúde da sua comunidade, produzindo programas que desencorajem as pessoas de comer muitos alimentos processados, cheios de gordura e açúcar. Com a sua programação, ajude as pessoas a compreender que os alimentos locais (uma série de verduras, grãos, frutas, legumes etc.) não são comida dos pobres, mas sim uma fonte boa e barata de nutrientes essenciais. Os alimentos tradicionais são ricos!


Roteiro:

Introdução:

Apresentador: Cada vez mais alimentos processados estão sendo vendidos nas lojas atualmente. A sua preparação é rápida e conveniente, mas eles são bons para nós? Hoje temos um pequeno radioteatro que aborda essa questão. Ele é chamado Vencer a Corrida com Alimentos Tradicionais e demonstra como um jovem atleta aprende que os alimentos realmente fornecem força e energia.

Personagens:

  • Michael:estudante, corredor de competição.
  • Mãe.
  • Treinador.

Cena 1

Mãe: (chamando) Michael, é melhor você correr ou vai se atrasar para a competição de atletismo. (silêncio curto) Michael?

Michael: Estou indo, mãe!

Som de Michael entrando na sala.

Michael: Sim, mãe?

Mãe: Oh, você chegou. Tudo bem? Você não parece estar bem.

Michael: Estou nervoso com a corrida. Talvez seja melhor eu nem ir.

Mãe: Por que não? Michael, você vem treinando há meses para essa corrida e a sua equipe precisa de você. Por que você quer largar agora?

Michael: Acho que não consigo ganhar dos corredores da escola da cidade e não quero prejudicar a equipe.

Mãe: Bem, você com certeza vai decepcioná-los se não aparecer. E você é um corredor muito forte. Mas por que você está preocupado?

Michael: Esses meninos da cidade parecem tão grandes e fortes.

Mãe: E você também, Michael. E a sua equipe. Acho que você só está nervoso, mas sei que você vai se dar bem. Vá agora, antes que você perca o ônibus.


Cena 2

Som de crianças gritando.

Muitas vozes: Vai, Michael!!! Aí!! Vai, Michael!! Vai!!

Sons dos gritos continuam (três segundos). Diminuem e permanecem sob o diálogo.

Treinador: (agitado) Grande corrida, Michael! Eu sabia que você chegaria em primeiro! E Sam ficou em segundo lugar no salto em altura. Acho que o nosso time tem boa chance de ganhar a competição geral. Bom trabalho, filho!

Michael: Obrigado, treinador. Não é uma surpresa ficarmos na frente da escola da cidade?

Treinador: Nós temos um time talentoso. Por que a surpresa?

Michael: Eu não achava que pudéssemos vencer o time deles. Todas as crianças da cidade parecem tão grandes e elas comem todo aquele fast food. Eu achei que esse fast food bonito e os refrigerantes que eles tomam dessem mais energia.

Treinador: Você está errado, filho. Muitas vezes, esse fast food é apenas junk food. Mas vamos falar mais sobre alimentação depois do próximo treino.

Som de fundo volta.


Cena 3

Sobe som de pessoa correndo. O treinador apita.

Treinador: (chamando o corredor) Boa corrida, Michael! O seu tempo para os 500 metros está ficando melhor.

Michael: (respirando fundo) Isso é ótimo, treinador, mas eu gostaria de melhorar meu tempo ainda mais. O sr. acha que eu consigo?

Treinador: Claro que consegue. Você é um menino forte e saudável. A sua mãe deve alimentar bem você. Que tipo de alimentos você come em casa?

Michael: Nós comemos muita refeição de milho servida com tempero vegetal. Nós comemos ovos das galinhas quase todo dia. Para o lanche, como inhame e amendoim torrado, fruta-pão cozida e mangas. É o tipo de comida que a minha mãe serve.

Treinador: Este é exatamente o tipo de alimentação que dá proteína, energia, vitaminas e os sais minerais de que você precisa. É provavelmente por isso que você é tão bom corredor.

Michael: Verdade?

Treinador: Sim. Você sabe que, na verdade, muito do fast food e alimentos embalados (refrigerante, batatas fritas e pizza) não são necessariamente bons para você. Eles têm muita gordura e açúcar.

Michael: E o que há de errado com isso?

Treinador: Quando as pessoas comem muita gordura e açúcar, elas ganham muito peso. Peso demais não é saudável. E, quando as pessoas estão acima do peso, elas são mais propensas a ter doenças como diabete e doenças cardíacas.

Michael: Obrigado, treinador. Acho que, se eu quiser ser um bom corredor, devo continuar comendo esses alimentos saudáveis e não fast food.

Treinador: Isso mesmo! Se você quiser continuar ganhando, continue comendo alimentos saudáveis.

Música aumenta e permanece sob o diálogo.

Apresentador: Você ouviu Vencer a Corrida com Alimentos Tradicionais. _________ foi o treinador. __________ interpretou Michael e __________foi a mãe dele. Eles nos lembraram que o fast food pode ser saboroso, mas nem sempre é saudável. Se você quiser crescer forte e ser um bom atleta, coma alimentos saudáveis variados todos os dias. E para lanches saudáveis, esqueça as batatas fritas e o refrigerante! Coma inhame assado, bananas ou um punhado de amendoins. Alimentos saudáveis também têm gosto bom.


Créditos:

Contribuição de Isaac Rashid, Hamilton, Canadá.

Revisão de Hélène Delisle, Departamento de Nutrição, Universidade de Montreal, Quebec, Canadá.


Fontes de informação:

  • Are local foods too expensive for healthy diet: Urban obesity and rural poverty in Jamaica, two sides of the same coin? de Chelston, W. D. Braithwaite e Byron Noble, Cajanus, Vol. 34, n° 2, 2001. Instituto de Alimentos e Nutrição do Caribe, P. O. Box 140, Kingston 7, Jamaica.
  • Fighting junk food in school, InterWorld Radio, 28 de junho de 2001.

A Rádio Rural Internacional (Farm Radio International) é uma organização canadense sem fins lucrativos dedicada a apoiar emissoras de rádio em países em desenvolvimento para fortalecer comunidades rurais e a agricultura em escala.

Segundo a organização, o material da Rádio Rural Internacional pode ser copiado ou adaptado para distribuição gratuita ou a preço de custo, com crédito para a Rádio Rural Internacional e para as fontes originais.

Esta versão em português é um trabalho voluntário, independente da organização e oferecido gratuitamente para as emissoras de rádio dos países de língua portuguesa. O texto foi traduzido para o português do Brasil, mas pode ser adaptado com facilidade para o português falado em outras partes do mundo (para dúvidas sobre os termos empregados, utilize o formulário de contato em https://radioruralportugues.wordpress.com/creditos-e-contato/).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s