Coloque as minhocas para trabalhar para você

Material produzido pela Rádio Rural Internacional em 1° de julho de 1993, como parte do pacote de informações n° 29.

Original em inglês disponível em: http://scripts.farmradio.fm/radio-resource-packs/package-29/putting-worms-to-work-for-you/.


Roteiro:

Os agricultores sempre souberam que as minhocas nos seus campos melhoram o solo. Mas você pode também criar minhocas em recipientes, onde elas transformam os resíduos da fazenda e da cozinha em rico composto para alimentar suas plantas.

A criação de minhocas é chamada de vermicultura. É uma forma simples e rápida de conseguir fertilizante grátis para a sua produção e livrar-se do lixo ao mesmo tempo. Você não precisa de nenhum material especial para isso e pode fazer a quantidade de composto que quiser. Isso depende de quanto você precisa e do espaço que você tem disponível.

Os agricultores em muitas partes do mundo cultivam minhocas e os métodos que eles usam diferem de um lugar para outro. Na Universidade de Ciências Agrícolas de Bangalore, na Índia, dois cientistas desenvolveram um método especialmente para regiões tropicais. Ele transforma lixo em composto em duas a quatro semanas. Os agricultores que usaram esse fertilizante composto dizem que ele ajuda a cultivar plantas saudáveis com menos pragas.

Este método está sendo usado não só nas fazendas, mas até nas cidades. Se for realizado adequadamente, o processo é completamente livre de cheiro. É uma boa forma de se livrar do lixo e ajudar a manter o ambiente limpo.

Se você quiser tentar, aqui estão as etapas descritas pela Dra. Radha Kale. Ela é faz parte da dupla de cientistas que desenvolveu esse método de vermicultura.

Prepare os recipientes das minhocas:

Primeiro, colete recipientes para as minhocas. Recipientes pequenos e portáteis, como caixas de madeira ou banheiras de plástico, são mais fáceis de trabalhar no começo. Se você não conseguir esses recipientes, pode construir cestos de pedra rasos ou cavar fossas em um lugar fresco e com sombra. Coloque pedras ou outro material nas laterais e no fundo da fossa, para afastar ratos e cobras. Você também vai precisar de algum tipo de rede para cobrir o topo e afastar os pássaros que podem alimentar-se das minhocas. Você poderá usar uma rede de fios finos ou de plástico. Ou poderá usar uma camada grossa de palha ou folhas.

Em seguida, prepare o alimento para as minhocas. O alimento deverá ser uma mistura de três tipos de resíduos. Primeiro, um pouco de lixo orgânico da cozinha, como cascas de frutas e legumes, cascas de ovos e nozes, folhas de chá usadas etc. Ele deverá também incluir lixo da fazenda, como cortes de grama e sebe, ervas, folhas mortas, resíduos de produção, serragem e cascas de grãos. E, por fim, esterco de bois, cavalos, carneiros, cabras ou aves.

Coloque a mistura de alimento no recipiente ou cova até dez centímetros de profundidade. Cubra com uma camada de solo ou areia para afastar as moscas. Depois pulverize água suficiente para manter a mistura úmida, mas não molhada. Deixe sem cobertura por dois dias para decompor-se.

Quando o material orgânico começa a decompor-se, ele fica muito quente. Esse calor mataria as minhocas. Por isso, você precisa esperar até que a mistura se resfrie antes de colocar as minhocas.

Agora você está pronto para agregar as minhocas.

Consiga o tipo certo de minhocas para a sua vermicultura:

Você pode conseguir algumas minhocas de um amigo ou vizinho. Ou você pode comprar uma pequena quantidade de minhocas para começar.

Você poderá também coletar as minhocas. Mas você deverá saber como reconhecer o tipo de que precisa. É importante conseguir o tipo certo de minhocas. A Dra. Kale usa três espécies comumente encontradas nos trópicos: Eudrilus eugeniae, Eisenia foetida e Perionix excavatus.

As minhocas que cavam fundo alimentam-se de material orgânico do solo. Você deve haver visto os pequenos montes de terra que elas fazem, especialmente em tempo úmido. Essas minhocas ajudam a virar o solo. Mas elas não ajudam você a transformar lixo em composto.

Você quer as minhocas que se alimentam de folhas em decomposição e esterco perto da superfície do solo. Procure-as embaixo de sebes, perto de montes de esterco ou em outros lugares onde haja muita umidade e material orgânico em decomposição. A melhor hora de procurar é logo depois da chuva. Não se preocupe se você encontrar apenas algumas no começo. Elas vão se multiplicar rapidamente.

Coloque as minhocas para trabalhar:

As minhocas se machucam facilmente. Por isso, mova-as com muito cuidado para o recipiente que você preparou. Depois, apenas deixe-as ali!

Verifique e mantenha a mistura sempre úmida, mas não molhada. Se estiver molhada demais, as minhocas não conseguem respirar.

As minhocas vão se alimentar do resíduo orgânico. Em duas a quatro semanas, elas vão transformá-lo em composto úmido, que é alimento perfeito para as plantas.

Quanto todo o resíduo houver sido transformado em composto, coloque-o sobre o solo e faça uma pilha em forma de cone. Deixe ali por várias horas. As minhocas vão se enterrar no fundo da pilha para ficar o mais longe da luz que puderem.

Depois que as minhocas estiverem no fundo da pilha, retire a parte de cima do composto. Deixe secar um pouco. Depois peneire por uma rede ou peneira para separar os filhotes e os ovos de minhocas. Coloque-os rapidamente em um novo recipiente de alimento.

Da camada inferior da pilha, retire as minhocas maiores e coloque-as em outro recipiente.

Você pode manter o ciclo das minhocas permanentemente, usando três recipientes diferentes. Enquanto as minhocas estiverem se alimentando no primeiro recipiente, colete mais resíduos orgânicos em dois outros recipientes. Quando o composto do primeiro recipiente estiver pronto, o resíduo dos outros dois estará parcialmente decomposto e fresco. Então você pode colocar os ovos e filhotes de minhocas no segundo recipiente e as minhocas maiores no terceiro. Agora comece a coletar novamente resíduos no primeiro recipiente e assim por diante.

Se você nunca tentou criar minhocas antes, comece com apenas uma pequena quantidade de resíduos. Quando tiver mais prática, você vai perceber o que pode dar para as minhocas comerem para conseguir o melhor composto e quando movê-las para um novo lote. Você pode aumentar a quantidade quando conseguir mais experiência.

Alguns agricultores fazem grandes quantidades de composto usando minhocas. Um agricultor faz cerca de quinze metros cúbicos de composto em quatro meses. Ele não precisa mais comprar fertilizantes químicos caros, pois as minhocas dão todo o fertilizante de que ele precisa.

Cuidados com as minhocas:

Aqui estão algumas coisas importantes para ter em mente quando você estiver criando minhocas.

  • Nunca deixe a mistura de alimentos ficar encharcada, pois as minhocas não conseguem respirar se ela estiver úmida demais. A mistura deverá estar úmida ao toque, mas não ensopada.
  • As minhocas não gostam de lugares quentes e secos. Por isso, escolha um lugar fresco à sombra para o recipiente onde você criar as minhocas.
  • Cuide das minhocas com cuidado, pois elas se machucam com facilidade. Verifique também a criação de vez em quando e remova as minhocas mortas.
  • Proteja os recipientes de minhocas contra formigas, centopeias, ratos e pássaros que possam comer as minhocas.

Créditos:

Este roteiro foi escrito por Vrinda Kumble, ECS Editorial Consultant Services, Pune, Índia.

Nossos agradecimentos a Mary Appelhof, autora de Worms Eat My Garbage, de Kalamazoo, Michigan, Estados Unidos, pela revisão deste roteiro.


Fontes de informação:

Visita ao Departamento de Zoologia, Universidade de Ciências Agrícolas, Bangalore, Índia, e entrevistas com a Dra. Radha D. Kale e Sunitha.

Earthworm cultivation and culturing technique, de Radha D. Kale e Kubra Bano, Departamento de Zoologia, Faculdade de Ciências Básicas e Humanidades, Universidade de Ciências Agrícolas, Campus GKVK, Bangalore 560 065, Índia.

Outras fontes:

  • Worms Eat My Garbage, de Mary Appelhof. Publicado por Flower Press, 10332 Shaver Road, Kalamazoo, Michigan 49002, Estados Unidos, 1982.
  • Worms Eat Our Garbage, de Mary Appelhof. Publicado por Flower Press, 10332 Shaver Road, Kalamazoo, Michigan 49002, Estados Unidos, 1993.

A Rádio Rural Internacional (Farm Radio International) é uma organização canadense sem fins lucrativos dedicada a apoiar emissoras de rádio em países em desenvolvimento para fortalecer comunidades rurais e a agricultura em escala.

Segundo a organização, o material da Rádio Rural Internacional pode ser copiado ou adaptado para distribuição gratuita ou a preço de custo, com crédito para a Rádio Rural Internacional e para as fontes originais.

Esta versão em português é um trabalho voluntário, independente da organização e oferecido gratuitamente para as emissoras de rádio dos países de língua portuguesa. O texto foi traduzido para o português do Brasil, mas pode ser adaptado com facilidade para o português falado em outras partes do mundo (para dúvidas sobre os termos empregados, utilize o formulário de contato em https://radioruralportugues.wordpress.com/creditos-e-contato/).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s