Os benefícios do sorgo, o cereal esquecido

Material produzido pela Rádio Rural Internacional em 21 de setembro de 2016, como parte do pacote de informações n° 104.

Original em inglês disponível em: http://scripts.farmradio.fm/radio-resource-packs/104-post-harvest-cow-pea/health-benefits-sorghum-forgotten-cereal/.


Observações para as emissoras:

O sorgo é parte da família dos cereais, como o milho, o trigo, a cevada e o arroz. Na verdade, ele é o quinto cereal mais cultivado do mundo. Na Tanzânia, o sorgo é o segundo cereal mais cultivado, depois do milho. O sorgo é classificado de acordo com as suas cores, branco e vermelho. Ele é rico em muitos nutrientes, incluindo proteínas, carboidratos, diversos minerais e vitaminas B, C e E.

Ao contrário de outros cereais, o sorgo não é muito conhecido e utilizado na Tanzânia, exceto nas culturas onde é empregado como alimento básico para cozinhar alimentos como ugali (mingau grosso), pão de sorgo ou em mistura com feijão ou leguminosas para fazer o que é conhecido como makande. O sorgo também é utilizado como alimento complementar em regiões atingidas pela seca e pela fome, devido às suas propriedades de resistência à seca.

Mas pesquisa e desenvolvimento recentes resultaram na popularização do sorgo devido às suas qualidades nutritivas e propriedades curativas. Sugeriu-se que comer sorgo pode ajudar as pessoas no tratamento da anemia, câncer, diabete e colesterol alto. Sorgo também está sendo cada vez mais utilizado como substituto da farinha de milho.

O sorgo agora é bem conhecido em toda a Tanzânia e é um dos principais ingredientes de mingau para bebês, misturado com amendoim e farinha de milho.

Este roteiro examina a jornada do sorgo para tornar-se um cereal famoso na Tanzânia, com benefícios à saúde que ultrapassam outros cereais, colocando-o no topo da cadeia alimentícia dos cereais como solução alternativa para vidas saudáveis.

Você poderá optar por apresentar este roteiro como parte do seu programa agrícola regular, usando as vozes de atores para representar as pessoas. Se o fizer, não se esqueça de dizer aos seus ouvintes no início do programa que as vozes são de atores e não das pessoas originalmente envolvidas nas entrevistas.

Você poderá também usar este roteiro como material de pesquisa ou como inspiração para criar o seu próprio programa sobre os benefícios à saúde do sorgo ou de outros alimentos.

Fale com nutricionistas, outros especialistas e pessoas com experiência em cozinhar com sorgo. Você poderá perguntar a eles:

  • Qual é a história do cultivo de sorgo e seu uso como alimento na sua região?
  • Quais tipos de ajustes são necessários para substituir o sorgo por milho ou outros cereais em alimentos comuns?
  • Qual é o impacto à saúde de comer sorgo?

Além de falar diretamente com nutricionistas, cozinheiros e outros especialistas, você poderá usar essas questões como base para um programa de chamadas telefônicas ou mensagens de texto dos ouvintes.

O tempo estimado de condução deste roteiro é de dez a doze minutos, incluindo a introdução e o encerramento.


Roteiro:

Sobe vinheta de abertura, depois diminui.

Apresentador: Olá, bem-vindo ao nosso programa especial sobre sorgo. (Pausa) Recentemente, o sorgo tornou-se um alimento popular entre os tanzanianos de todas as idades. Ao contrário do tempo em que era usado apenas por algumas culturas como alimento básico, hoje o sorgo tornou-se popular e é servido e vendido em hotéis, nas ruas e em supermercados. Ele também se tornou um alimento popular para os bebês na forma de mingau, que é misturado com outros cereais e alimentos nutritivos para suplementar o milho. O seu sabor e suas propriedades nutritivas são preferidos por muitas pessoas no lugar do milho no mingau e no mingau grosso chamado de ugali wa mtama, à medida que as pessoas mudam seus estilos de vida para um viver mais saudável.

Som de tráfego pesado e pessoas andando em ruas movimentadas na hora do rush

Apresentador: Acompanhe-me nesta jornada para descobrir e entender como o sorgo se tornou tão popular e, em alguns casos, preferido com relação à farinha de milho. Vamos aprender por quê ele se tornou um substituto para outros cereais e o que o torna tão especial.

Para entender essas questões e os mistérios por detrás delas, falei com um especialista em nutrição e pesquisador de sorgo chamado Saidi Mandkiligo, que é o Chefe de Nutrição do Conselho do Distrito de Shinyanga. O Sr. Mankiligo é formado em Economia Doméstica e Nutrição Humana pela Universidade de Agricultura Sokoine de Morogoro, na Tanzânia.

Vinheta sobe por cinco segundos e desaparece

Apresentador: Bem-vindo ao nosso programa, Sr. Mankiligo. Pode nos contar que história é essa e quais as novidades sobre o sorgo?

Em primeiro lugar, o sorgo é um alimento comum na sua região e na Tanzânia de forma geral?

Som de capim balançando ao vento. Ocasionalmente, som de crianças rindo e brincando.

Mankiligo: Sim, o sorgo é um alimento comum na minha região e também na zona central da Tanzânia, onde é usado como alimento básico pelo povo Sukuma, que veio desta parte do país. Ele é tão comum quanto os outros cereais, como arroz e milho, mas muitas pessoas o preferem. Elas gostam de comer sorgo porque ele produz muita energia quando consumido no café da manhã e os agricultores precisam dessa energia para prosseguir até o final do trabalho no campo à noite. Sorgo é rico em carboidratos, como os outros cereais, e contém muita proteína. Por isso, uma refeição com sorgo é suficiente para todo o dia e os agricultores não sentem fome.

Apresentador: O sorgo é rico em quais nutrientes? E qual é o valor e a função de cada nutriente, especificamente?

Mankiligo: Antes de falar quais nutrientes tem o sorgo e a sua importância, precisamos primeiro conhecer e entender o que é o sorgo. O sorgo pertence à família dos cereais e é o segundo cereal mais cultivado na Tanzânia, depois do milho.

O sorgo é classificado de acordo com as suas cores, branco e vermelho. Na Tanzânia, o sorgo branco ou Serena tem dois tipos: Ndalasaba e Kakela, enquanto o sorgo vermelho também tem dois tipos: Kakula e Mwanagudungu. Cada um desses tipos possui diversas variedades.

O sorgo é rico em muitos nutrientes, incluindo carboidratos, proteínas, ferro, cálcio, fósforo, zinco, magnésio, potássio, sódio, antioxidantes e vitaminas B, C e E.

Os antioxidantes do sorgo ajudam a prevenir o câncer do cólon e de mama, fortalecem o sistema imunológico e aumentam o teor de ferro e oxigênio no sangue para prevenir a anemia. O sorgo também reduz a diabete, pois ele não contém colesterol e tem muitas fibras. Ele também ajuda a evitar a obesidade, regula a digestão devido ao seu alto teor de fibras, evita problemas do estômago em pessoas que não conseguem digerir glúten, incluindo os portadores de doença celíaca, e fortalece o osos devido ao seu alto teor de cálcio.

Apresentador: Quais são os benefícios à saúde das crianças com menos de cinco anos de idade?

Mankiligo: Como o sorgo contém muitos minerais, ele ajuda a manter um sistema imunológico saudável que evita que os bebês fiquem doentes. Ele também evita a anemia, mantém os ossos fortes e saudáveis, evitam a diabete e fortalece o coração. Ele ajuda a regular o metabolismo e a digestão em crianças mais novas e promove a saúde dos rins.

Apresentador: O que acontece com as lactantes, ou as mães que amamentam?

Mankiligo: Comer sorgo ajuda a reduzir a possibilidade das mães contraírem câncer de mama. Ele aumenta o oxigênio e o ferro no sangue, que as mães perdem muito depois de dar à luz, porque contém muito ferro. Ele também reduz o colesterol, o que é importante para novas mães porque elas tendem a comer muitos alimentos gordurosos quando estão amamentando.

Comer sorgo regula a digestão e evita problemas estomacais, porque ele contém muitas fibras e é livre de glúten. O sorgo promove a saúde dos ossos das mulheres e das crianças e fortalece o sistema imunológico das novas mães, propensas a doenças depois do parto.

Apresentador: E sobre os mais idosos?

Mankiligo: À medida que as pessoas envelhecem, a sua ingestão de nutrientes é limitada. O sorgo ajuda a manter os ossos fortes e a evitar que os ossos se quebrem, pois ele contém cálcio e magnésio. Ele também mantém ou fortalece o sistema imunológico, protegendo os mais idosos contra doenças comuns que vêm com a idade, incluindo câncer, anemia e problemas do coração.

Apresentador: E quanto às pessoas com diabete?

Mankiligo: O sorgo tem muitas fibras e as fibras ajudam o sistema digestivo a diluir lentamente o açúcar no sangue, de forma a reduzir o risco de diabete. Bem consumido ao longo do tempo, ele pode eliminar completamente a diabete.

Apresentador: As mulheres grávidas têm benefícios à saúde comendo sorgo?

Mankiligo: As mulheres precisam de mais nutrientes quando estão grávidas porque elas precisam consumir o suficiente para duas pessoas. Um nutriente fundamental do sorgo é o ferro e isso ajuda a garantir uma gravidez saudável mantendo um sistema imunológico forte para evitar doenças comuns. Ele aumenta o ferro do sangue, que é muito importante porque muitas mulheres grávidas sofrem de anemia. A grande quantidade de fibras do sorgo ajuda a evitar indigestão, que é comum durante a gravidez. Ele também mantém os ossos saudáveis com cálcio, zinco, manganês e fósforo. Por fim, ele ajuda a evitar o câncer por meio de antioxidantes e evita problemas estomacais nas mulheres intolerantes ao glúten.

Apresentador: Quais são as diferenças nutricionais entre o sorgo vermelho e o branco?

Mankiligo: O sorgo branco contém menos proteínas que o sorgo vermelho e contém mais cálcio e potássio, o que é bom para os ossos e controlam a acidez do estômago. É bom para fazer pão quando misturado com farinha de mandioca.

Por outro lado, o sorgo vermelho contém substâncias que dificultam a absorção de proteínas pelo corpo. Por isso, ele requer preparação cuidadosa, incluindo colheita, secagem, moagem e peneiramento adequados para manter a sua proteína e outros nutrientes saudáveis. Os agricultores preferem o sorgo vermelho porque ele gera muita energia e pode manter essa energia por muito tempo.

Apresentador: Parece que o sorgo é um cereal milagroso! Além de todos esses nutrientes e benefícios à saúde, quais alimentos você pode preparar com sorgo?

Mankiligo: Os principais alimentos que podem ser preparados com sorgo são ugali e mingau. Mas você pode misturar sorgo com outros alimentos ou cozinhá-lo sozinho para fazer makande, pilau, chapati, broas, pães, biscoitos e a cerveja local chamada de togwa (nota do editor: makande é um alimento feito com milho e feijão, mas pode também ser feito com sorgo e feijão ou leguminosas, ou qualquer cereal e legume).

Apresentador: Muito obrigado, sr. Saidi Mankiligo, por compartilhar o seu conhecimento e suas opiniões sobre o sorgo. Agora os nossos ouvintes vão saber um pouco mais sobre a importância do sorgo para a saúde. Isso vai abrir os olhos dos que achavam que o sorgo só era bom para mingau!

(Pausa) Depois de ouvir um especialista em nutrição sobre os benefícios do sorgo à saúde e à nutrição, quisemos ouvir a experiência pessoal de alguém que usou sorgo como substituto de cereais como milho em alimentos comuns. Joyce Jacob cozinhou com sorgo por alguns anos e agora vai compartilhar suas opiniões sobre o uso do cereal. Bem-vinda, sra. Joyce Jacob.

Joyce Jacob: Obrigada pelo convite. Estou feliz pela oportunidade de compartilhar minha experiência na escolha de sorgo em favor de outros cereais. Gosto de usar sorgo no mingau porque é mais saboroso e nutritivo que o milho, que leva mais tempo para cozinhar e possui menos sabor que o sorgo.

O sorgo possui textura mais leve e fina que o milho. Os alimentos cozidos com sorgo são mais fáceis de comer e são digeridos com mais rapidez que outros cereais.

Você pode também fazer broas com sorgo e misturar farinha de sorgo com farinha de milho ou mandioca para reduzir a elasticidade da massa e melhorar a textura, o aroma e o sabor do alimento que você cozinhar com a farinha.

O sorgo é o meu cereal preferido porque ele é fácil de cozinhar, tem melhor sabor, textura macia e dá ao corpo mais saúde e energia. O sorgo é rico em carboidratos, assim como outros cereais como arroz e trigo.Eu o recomendaria às pessoas que querem permanecer saudáveis e em boa forma.

Apresentador: Obrigado, sra. Joyce, pelas suas opiniões sobre o uso do sorgo. Acredito que os nossos ouvintes agora têm melhor compreensão sobre o seu uso e cozimento e entendem que é possível usar o sorgo para preparar alimentos comuns, exceto pela textura mais leve do sorgo, que faz necessário usar mais farinha que com cereais mais brutos como o milho.

Espero que os nossos ouvintes agora pensem duas vezes antes de escolher outros cereais no lugar do sorgo!

Obrigado por ouvir (nome do programa). Até a próxima, comigo, (nome do apresentador). Fique ligado!

Vinheta de encerramento


Créditos:

Contribuição de Raziah Quallatein Mwawanga, produtora independente.

Revisão: Sauli Epimack, epidemiologista nutricional, Saúde e Nutrição Comunitária, Centro de Alimentação e Nutrição da Tanzânia, Dar es Salaam, Tanzânia.

Fontes de informação:

Entrevistas:

  • Saidi Mankiligo, dezembro de 2015
  • Joyce Jacob, fevereiro de 2016

Este roteiro foi escrito com o apoio do governo irlandês por meio da Irish Aid. As ideias, opiniões e comentários do presente são de inteira responsabilidade dos seus autores e não representam nem refletem, necessariamente, as políticas da Irish Aid.


A Rádio Rural Internacional (Farm Radio International) é uma organização canadense sem fins lucrativos dedicada a apoiar emissoras de rádio em países em desenvolvimento para fortalecer comunidades rurais e a agricultura em escala.

Segundo a organização, o material da Rádio Rural Internacional pode ser copiado ou adaptado para distribuição gratuita ou a preço de custo, com crédito para a Rádio Rural Internacional e para as fontes originais.

Esta versão em português é um trabalho voluntário, independente da organização e oferecido gratuitamente para as emissoras de rádio dos países de língua portuguesa. O texto foi traduzido para o português do Brasil, mas pode ser adaptado com facilidade para o português falado em outras partes do mundo (para dúvidas sobre os termos empregados, utilize o formulário de contato em https://radioruralportugues.wordpress.com/creditos-e-contato/).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s