Mude sua vida com um fogão melhor

Material produzido pela Rádio Rural Internacional em 1° de abril de 1995, como parte do pacote de informações n° 36.

Original em inglês disponível em: http://scripts.farmradio.fm/radio-resource-packs/package-36/an-improved-stove-can-change-your-life/.


Roteiro:

Mamãe, o seu filho já se queimou com o fogo da cozinha?

Você e os seus filhos percorrem longas distâncias para recolher lenha?

A fumaça da cozinha irrita os seus olhos e pulmões? Se você respondeu “sim”, vai querer ouvir a história de hoje sobre uma mulher que melhorou a sua vida mudando a forma de cozinhar.

Venkatamma mora perto da cidade de Mysore, no sul da Índia. Como a maioria das mulheres da sua aldeia, Venkatamma costumava cozinhar em um forno a lenha aberto. Mas havia alguns problemas.

Todo dia, ela e seus filhos passavam horas recolhendo lenha. À medida que os anos passavam, ela notava que precisava andar cada vez mais para encontrar madeira. Além disso, sempre que Venkatamma cozinhava, a fumava irritava os seus olhos e muitas vezes ela tinha tosse. A casa dela estava sempre cheia de cinza e fuligem, mas ela aceitava esse desconforto porque a fumaça parecia afastar os insetos.

Lentamente, a percepção de Venkatamma sobre essa forma tradicional de cozimento começou a mudar. Uma organização local de assistência social sugeriu que ela tentasse construir outro tipo de fogão. Eles a ajudaram a comprar um fogão melhor chamado Astra Olé (pronuncia-se “olê”). Ela construiu o fogão com barro, areia e tijolos, então o custo não foi alto. O projeto era simples e nenhuma ferramenta especial era necessária, mas era importante que Venkatamma seguisse exatamente as instruções, para que o fogão funcionasse corretamente.

O novo fogão aprimorado de Venkatamma foi projetado para usar menos lenha que o fogão tradicional utilizado na região. Em vez de fogo aberto, que desperdiça calor, o novo fogão tem uma caixa de combustível fechada. O lado interno é rebocado com uma mistura de barro e cascas de arroz, para evitar que o calor escape. Três pratos podem ser cozidos ao mesmo tempo sem usar mais combustível. A fumaça é carregada para fora da casa por uma chaminé.

Levou algum tempo para que Venkatamma se acostumasse com o novo fogão. Ela precisou aprender a mudar o seu método de cozimento. Mas ela acha que há mais vantagens que desvantagens. O fogão aprimorado fez muita diferença na vida dela.

Para começar, a saúde dela melhorou e o ar na sua casa é mais limpo.

Ela pode cozinhar sem a fumaça atrapalhando seus olhos e fazendo-a tossir. As outras pessoas da família também estão mais saudáveis porque o ar que elas respiram é limpo. Os seus filhos também não são mais expostos ao fogo aberto.

Em segundo lugar, como o fogão produz mais calor com menos combustível, ela e seus filhos passam menos tempo recolhendo lenha. Ela também pode controlar a velocidade da queima alterando o fluxo de ar. Fluxo de ar grande permite que ela cozinhe mais rápido sob temperatura mais alta e fluxo de ar menor é melhor para cozinhar devagar, em fogo brando.

E, terceiro, como o fogão pode manter três panelas, ela pode cozinhar três pratos diferentes de uma vez e perder menos tempo cozinhando. Ela agora tem mais tempo para outras tarefas.

Venkatamma cuida do seu fogão novo. Ela mantém a grade limpa e cuida para que a fuligem não se acumule na chaminé. Se aparece alguma rachadura no fogão, ela veda rapidamente com pasta de barro. Ela quer manter o fogão funcionando bem porque, como ela diz, ele mudou toda a vida dela.

Venkatamma entende que qualquer fogão que reduza o uso de lenha e torne o cozimento mais fácil e seguro é um fogão melhor.

Pessoas em todos os lugares estão experimentando fogões aprimorados.

Esses fogões são projetados para atender às necessidades das mulheres que os utilizam. Existem muitos projetos diferentes para escolher. Peça ajuda ao seu funcionário de extensão ou agente de saúde local para fazer um fogão aprimorado. Um novo fogão pode economizar trabalho e manter a sua família segura e saudável.


Apêndice

Fogões aprimorados pelo mundo

Você usa um fogo de três pedras? Em Burkina Faso, as mulheres estão melhorando os seus fogões de três pedras. Elas misturam quatro baldes de barro, um balde de palha de milho, meio balde de esterco e meio balde de água. Depois, elas deixam em repouso por uma semana. Elas colocam a sua panela de cozimento sobre três pedras. Usando a mistura de argila, palha e esterco, elas constroem uma parede circular em volta das pedras e da panela.

Elas deixam um pequeno espaço entre a panela e o cilindro. Depois de secar um pouco, elas cortam um pequeno buraco no fundo para a madeira entrar. Pode ser necessário experimentar diferentes misturas de barro, palha e esterco até que a mistura não desmorone nem rache.

Também é importante cobrir o fogão quando chove.

No Níger, as mulheres estão usando o mai saukior, de cozimento rápido. Funileiros treinados fazem esses fogões com sobras de metal. As mulheres os compram no mercado. Eles vêm em diferentes tamanhos para adequar-se a panelas grandes e pequenas. Outros fogões de metal são o noflie, em Gâmbia, e o jikoin de cerâmica, no Quênia. O mai sauki queima madeira. O noflie queima madeira e briquetes feitos de cascas de amendoim. O jiko de cerâmica queima carvão. Esses fogões são leves e fáceis de carregar para qualquer lugar.

Na Guatemala, algumas famílias agora estão usando fogões Ceta. O fogão Ceta tem uma base de concreto, uma estrutura metálica que se encaixa no topo da base e uma chaminé. Os guatemaltecos compram as estruturas metálicas de funileiros locais. Essas estruturas vêm em diferentes tamanhos para encaixar-se em diferentes tamanhos de panelas. Especialistas locais em fogões ajudam a instalar fogões Ceta nas casas das pessoas. As pessoas gostam do fogão Ceta porque ele gasta menos lenha que o fogo aberto, pode ser movido de lugar, é forte e pode manter mais de uma panela de cada vez. A base de concreto do fogão Ceta o fortalece, mas fogões de concreto normalmente custam mais que os fogões de barro ou de metal.

Fogões solares vêm sendo desenvolvidos e testados em muitos países.

Na Índia, os cientistas desenvolveram o fogão de caixa solar Kisan. É cavado no chão um buraco com 60 cm de largura e 60 cm de comprimento. Os lados e o fundo do fosso recebem isolamento. Cinzas de casca de arroz, palha, jornal, serragem, lã ou algodão podem ser usados para isolar o buraco. Esse isolamento preserva o calor do sol. O alimento cru é colocado na panela e a panela é coberta com vidro. O sol brilha através do vidro e cozinha o alimento em três a quatro horas.

Os fogões solares não precisam de lenha, carvão, nem de outro tipo de combustível! Eles precisam apenas da luz do sol. Muitas pessoas experimentaram o fogão solar Kisan e outros tipos de fogões solares e aprovaram. Mas os fogões solares têm algumas desvantagens. O cozimento normalmente é mais lento com os fogões solares com relação aos fogões que usam lenha ou carvão e os fogões solares não podem ser usados durante as estações chuvosas ou em tempo nublado.

Exemplos de fogões aprimorados:

Fogão de três pedras

(Burkina Faso, Togo)

Fogões de metal:

Mai sauki (Níger)
Noflie (Gâmbia)
Sigiri (Uganda)
Kuni mbili (Quênia)

Fogões de barro:

Lorena (Guatemala)
Astra olé (sul da Índia)
Louga(Senegal)
Ban uk suuk
New Nepali chula (Índia)
Maendeleo (Quênia) – a base é um fogo de três pedras, mas é necessário comprar um dispositivo cozido no forno
Silkalan (norte da Índia) – feito de cascas de arroz e argila

Fogões de concreto:

Nouna (Burkina Faso)
Kaya Poyo (Guatemala) – tijolos/chaminé de concreto/superfície de cozimento de ferro moldado

Barro/tijolos:

Singer (Indonésia)

Barro cozido:

Balde tailandês (sudeste asiático)


Créditos:

Este roteiro foi pesquisado por Vrinda Kumble, ECS Consultants, Pune, Índia. O apêndice foi preparado por Anne Campbell-Janz, Toronto, Canadá. Anne é uma especialista agrícola que testou um fogão metálico aprimorado em Kinshasa, na República Democrática do Congo.
A publicação deste roteiro foi possível graças ao generoso apoio da Nancy’s Very Own Foundation, Toronto, Canadá.


Fontes de informação:

Fontes de informação sobre o fogão Astra Olé:

  • Build your own Astra Olé, publicado pelo Centro ASTRA, Instituto Indiano de Ciências, Bangalore, Índia.
  • The Astra Olé: an invaluable gift for the rural housewife, em Kannada, 1984. Centro ASTRA Centre e Conselho Estadual de Ciência e Tecnologia de Karnataka, Instituto Indiano de Ciências, Bangalore, Índia.
  • Visita à fazenda de Venkatamma, aldeia de Kunigal Village, dentro do projeto MYRADA/PLAN, Madapura, Karnataka, Índia.
  • Entrevista com o Dr. K. S. Jagadish, Professor, ASTRA Instituto Indiano de Ciências, Bangalore, Índia.

Fontes de informação sobre outros fogões aprimorados:

  • Improved stoves project, em Red, Ano 10, volume 34, julho-dezembro 1989. Centro Centro-Americano de Estudos Sobre Technologia Apropriada (CEMAT), Apartado Postal, 1160, Guatemala, Guatemala 01901.
  • Fourno Noflie – the easy stove, em Senelaa, n° 36, abril de 1985. Senelaa, Unidade de Comunicação Agrícola, Ministério da Agricultura, Yundum, Gâmbia.
  • The ‘Mai Sauki” is a success, em Gate, n° 1, 1987. Agência Alemã para a Cooperação Técnica, P. O. Box 5180, D-65726, Eschborn, Alemanha.
  • Cooking up a better future, em African Farmer, n° 2, dezembro de 1989, pág. 23. The Hunger Project, Escritório Global, One Madison Avenue, Nova Iorque NY, 10010, Estados Unidos.
  • Solar cooker designs em AT:M Reprints, n° 1, 1985 (pág. 10). AT and Missions Newsletter, P. O. Box 40602, Portland, Oregon 97240, Estados Unidos.
  • The tech and tools book, Ruth Sandhu e Joanne Sandler, 1986, 176 págs. International Women’s Tribune Center, 777 United Nations Plaza, Nova Iorque NY, 10017, Estados Unidos.
  • Appropiate technology stovesOutreach, n° 83, 1992. Outreach Technology and Learning Center, 200 East Building, 239 Green Street, Universidade de Nova Iorque, Nova Iorque NY, 1003, Estados Unidos; ou Outreach Coordinator, Information and Public Affairs, UNEP, P. O. Box 30552, Nairóbi, Quênia.

Organizações que trabalham com fogões aprimorados:

  • Intermediate Technology Development Group (ITDG)
    Stoves Programme
    Myson House
    Railway Terrace
    Rugby
    Reino Unido DV21 3HT
  • Sarvodaya – Kandy District Centre
    Palletalavinna, Katugastota
    Sri Lanka
  • German Agency for Technical Cooperation (G.T.Z.)
    O. Box 5180
    6236 Exchborn 1
    Alemanha
  • UNICEF
    O. Box 1187
    Kathmandu
    Nepal
  • T.Z. Domestic Energy Saving Project
    31C Circular Road
    P.O. Box 896
    University Town
    Peshawar
    Índia
  • UNSO National Stove Project
    Department of Community Development
    Marine Parade
    Banjul
    Gâmbia
  • Centro Mesoamericano de Estudios sobre Technologia Apropiada
    (CEMAT)
    Apartado Postal 1160
    Guatemala, Guatemala
  • KENGO
    O. Box 48197
    Nairóbi
    Quênia
  • Inades-Formation
    P. 5717
    Kinhasa
    República Democrática do Congo

A Rádio Rural Internacional (Farm Radio International) é uma organização canadense sem fins lucrativos dedicada a apoiar emissoras de rádio em países em desenvolvimento para fortalecer comunidades rurais e a agricultura em pequena escala.

Segundo a organização, o material da Rádio Rural Internacional pode ser copiado ou adaptado para distribuição gratuita ou a preço de custo, com crédito para a Rádio Rural Internacional e para as fontes originais.

Esta versão em português é um trabalho voluntário, independente da organização e oferecido gratuitamente para as emissoras de rádio dos países de língua portuguesa. O texto foi traduzido para o português do Brasil, mas pode ser adaptado com facilidade para o português falado em outras partes do mundo (para dúvidas sobre os termos empregados, utilize o formulário de contato em https://radioruralportugues.wordpress.com/creditos-e-contato/).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s