Como trabalhar com esterco

Material produzido pela Rádio Rural Internacional em 1° de julho de 1985, como parte do pacote de informações n° 10.

Original em inglês disponível em: http://www.farmradio.org/radio-resource-packs/package-10/handling-manure/.


Observações para as emissoras:

Informações sobre este tema foram solicitadas por participantes da Rádio Rural Internacional em Bangladesh, Butão, Costa Rica, Equador, Filipinas, Guatemala, México, Papua-Nova Guiné, Paraguai, Taiwan, Trinidad, Venezuela e Zimbábue.


Roteiro:

Apresentador: Se você cria animais, temos algumas dicas para você. Aqui está Barbara Peacock.

Peacock: Hoje eu gostaria de falar sobre o uso de esterco animal e urina como fertilizante para a produção.

Todos nós sabemos que esterco animal é um bom fertilizante. Ele melhora o solo com a adição de material orgânico e alimento para as plantas. Você não pode ver os nutrientes que compõem esse alimento vegetal, mas as plantas precisam deles para seu crescimento adequado. Elas conseguem os alimentos do solo por meio das suas raízes. Esterco e urina contêm muitos alimentos valiosos para as plantas. Por isso, quando você os mistura com o solo, a sua safra cresce melhor.

Se você usar esterco animal para ajudar a produção, pode fazer algumas coisas para que os seus produtos sejam ainda melhores. Isso ocorre porque alguns alimentos para as plantas são facilmente perdidos se você não recolher e armazenar adequadamente o esterco e urina animal e se você não os aplicar adequadamente às suas plantas.

Nitrogênio, por exemplo, é um alimento importante para as plantas que pode ser encontrado no esterco e na urina. Mas, se o esterco ficar ao ar livre em pequenos montes sobre o solo, no sol e sob a chuva e o vento, boa parte do nitrogênio será perdida no ar e os outros alimentos para as plantas também serão perdidos. É muito melhor coletar o esterco enquanto ele ainda está fresco e rico em alimentos para as plants e mantê-lo empilhado em um monte hermeticamente fechado até o uso.

É melhor construir a pilha sobre uma superfície rígida, se for possível, para que os nutrientes não se infiltrem nem vazem para baixo e se percam. É melhor um piso de cimento ou solo que seja razoavelmente rígido e à prova d’água, como argila.

Você poderá cercar a pilha com uma pequena borda para reter qualquer líquido que, de outra forma, poderia fluir para longe da pilha e ser perdido. Ela também evita que mais água entre na pilha e leve embora alguns dos bons nutrientes de que você precisa para a sua produção.

Você deverá cobrir a pilha de esterco para evitar que ela seja seca pelo sol quente e evitar a entrada de chuvas fortes que levariam embora os alimentos vegetais do esterco.

Algumas pessoas cobrem diretamente a sua pilha de esterco com uma folha de plástico ou folhas de banana, ou com folhas de banana e solo. Ou você pode construir um abrigo para proteger a pilha: um simples teto de palha sustentado por postes que a protegeriam do sol e da chuva. Se não puder construir um abrigo, você deverá pelo menos manter a pilha de esterco sob uma árvore grande para evitar que ela seja seca pelo sol.

E sobre a urina dos animais? ‑‑ Como você pode coletar a urina? É fácil se os animais passarem boa parte do seu tempo em uma área razoavelmente pequena, como um pequeno composto ou abrigo onde eles dormem, por exemplo. Apenas espalhe grama seca, palha picada, folhas secas ou até solo seco e limpo sobre o piso nessa área para que a urina produzida pelos animais seja absorvida. Você pode também usar caules grossos de feno que os seus animais não comem. Mas você deve ter notado que eu disse “palha picada”. Isso porque a palha picada absorve mais urina que a palha que não é picada. ‑‑‑ Palha picada é um bom leito para os animais.

Agora, antes que esse leito fique molhado e sujo demais, retire-o, adicione à pilha de esterco e coloque mais grama seca, palha ou folhas para servir de leito para os animais. Se você fizer isso regularmente, você ajudará os animais a ficarem mais limpos e saudáveis.

Sempre que você adicionar esterco à pilha, embale tudo com firmeza, pois, quanto mais ar houver na pilha, mais nitrogênio será perdido.

Além disso, mantenha a pilha úmida; nem muito molhada, nem muito seca. Se ela estiver úmida a ponto de vazar o líquido, adicione mais material seco, como palha picada, folhas secas ou solo seco. Se, por outro lado, a pilha começar a secar, pulverize um pouco de água para umedecê-la.

Por fim, chegará o momento de aplicar o esterco ao seu campo ou jardim. Lembre-se de que, se o esterco permanecer a descoberto sobre o solo, ele vai perder grande parte do seu nitrogênio. Isso representa desperdício de alimentos valiosos para as plantas.

As suas plantas vão conseguir muito mais nitrogênio se você enterrar o esterco no solo durante a aplicação, assim que você puder depois de espalhá-lo.

Por isso, realmente é melhor levar o esterco para o campo apenas quando você estiver pronto para o cultivo. Em seguida, assim que você espalhar o esterco, pode cultivar e misturá-lo no solo. Desta forma, todos os nutrientes para as plantas vão diretamente para o solo, ajudando no bom crescimento das suas plantas.

Para Agricultura, a Indústria Básica, sou Barbara Peacock.


Fontes de informação:

Manure Handling, livro ilustrado produzido pela Rodale Press, Inc. em cooperação com a Organização de Pesquisa Agrícola da Tanzânia.  Disponível em inglês ou suaíle por meio da Rodale Press International Program, a/c Rodale Research Center, R. D. 1, Box 323, Kutztown PA 19530, Estados Unidos.

Manures and Compost, Publicação 868 do Agriculture Canada (17 páginas), disponível por meio dos Serviços de Informação, Agriculture Canada, Ottawa K1A 0C7, Canadá.

Gerald Ivanochko, No. 9-908-15th St. East, Saskatoon, Saskatchewan, S7N 0R3, Canadá.


A Rádio Rural Internacional (Farm Radio International) é uma organização canadense sem fins lucrativos dedicada a apoiar emissoras de rádio em países em desenvolvimento para fortalecer comunidades rurais e a agricultura em pequena escala.

Segundo a organização, o material da Rádio Rural Internacional pode ser copiado ou adaptado para distribuição gratuita ou a preço de custo, com crédito para a Rádio Rural Internacional e para as fontes originais.

Esta versão em português é um trabalho voluntário, independente da organização e oferecido gratuitamente para as emissoras de rádio dos países de língua portuguesa. O texto foi traduzido para o português do Brasil, mas pode ser adaptado com facilidade para o português falado em outras partes do mundo (para dúvidas sobre os termos empregados, utilize o formulário de contato em https://radioruralportugues.wordpress.com/creditos-e-contato/).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s