Vamos salvar nossas florestas tropicais

Material produzido pela Rádio Rural Internacional em 1° de abril de 1996, como parte do pacote de informações n° 40.

Original em inglês disponível em: http://www.farmradio.org/radio-resource-packs/package-40-environmental-issues/lets-save-our-tropical-forests/.


Roteiro:

Florestas tropicais. Desde o início dos tempos, elas foram um paraíso pacífico de árvores enormes, plantas frondosas com mais pássaros, animais e insetos que você pode imaginar. Mas, tragicamente, essas florestas estão desaparecendo em velocidade alarmante, cerca de trinta hectares por minuto. De fato, 32 milhões de hectares de florestas tropicais são destruídos todos os anos. Este é o tamanho de um país pequeno como a Malásia. Todos devemos nos preocupar, quer vivamos perto de uma floresta tropical ou não.

Embora as florestas tropicais cubram apenas 14% da terra total do planeta, elas são o lar de pelo menos a metade de todas as coisas vivas da Terra. À medida que as florestas são destruídas, 137 tipos diferentes de animais, aves, répteis e insetos desaparecem todos os dias.

Quem está destruindo as florestas tropicais e por quê? As florestas tropicais estão sendo cortadas por muitas razões. As pessoas que vivem perto das florestas tropicais cortam para cultivar alimentos. Mas a nova terra que elas limpam não é boa para a agricultura. Quando as árvores se vão, o solo seca e é soprado para longe. Isso ocorre porque as árvores e plantas protegem o solo contra a chuva e os ventos fortes, fornecem alimentos para o solo à medida que as suas folhas mortas caem no chão e retêm umidade no solo por meio das suas raízes.

Por isso, após a limpeza, a terra da floresta tropical é boa para apenas duas ou três safras. Depois, as pessoas se mudam, limpam mais terra e o problema piora.

Mas, embora parte do corte das florestas tropicai seja feito pelos agricultores, as grandes empresas também causam danos. Essas companhias vão para as florestas tropicais procurar fontes baratas de madeira e alimentos. Para isso, elas cortam grandes partes da floresta. E elas queimam o seu caminho através das florestas para dar lugar ao gado. Elas perfuram a terra em busca de petróleo e a mineram procurando ouro e outros minérios. Como você pode ver, tudo isso representa muita destruição. E não apenas árvores e plantas estão sendo destruídas nas florestas tropicais. Dezenas de milhares de tipos diferentes de animais desaparecem a cada ano. Cerca de 200 milhões de pessoas também vivem nas florestas tropicais. A sua forma de vida é ameaçada porque elas são forçadas a sair da terra para dar lugar ao corte, à queima e às cheias.

Por que as florestas são importantes para todos nós?

As florestas estão cheias de vida. E elas dão vida. Veja bem, as florestas tropicais são frequentemente chamadas de “pulmões” da Terra. Elas ajudam a manter no ar o oxigênio de que precisamos para viver. Se os nosso pulmões falharem, nós morremos. Se perdermos os pulmões da Terra… bem, você pode imaginar o perigo para o mundo.

E, embora seja verdade que a maior parte das florestas tropicais do mundo está na América do Sul, especialmente no Brasil, elas influenciam o clima em todo o planeta – até onde você vive. Isso acontece porque as árvores absorvem do ar à nossa volta um gás pesado chamado de dióxido de carbono.

Quando as árvores queimam, o dióxido de carbono das folhas é liberado de volta para o ar. Quando o dióxido de carbono se acumula no ar, ele captura o calor perto da terra, em vez de deixar que ele saia para o espaço. Por isso, quando há muito dióxido de carbono no ar, a temperatura da Terra aumenta. É isso que os cientistas chamam de aquecimento global. O aquecimento global causa padrões climáticos estranhos. Pessoas de diferentes partes do mundo estão notando verões mais quentes e invernos mais frios, furacões mais fortes e cheias mais frequentes. Como as árvores ajudam a reduzir o aquecimento global, esta é outra razão pela qual as florestas tropicais precisam ser salvas.

E precisamos salvar as florestas tropicais porque elas nos dão muitos alimentos e remédios. Pílulas anticoncepcionais e drogas que combatem problemas cardíacos e artrite, por exemplo, são fabricadas usando plantas das florestas tropicais. Alimentos como bananas, café, jalapeño, amendoim e cana de açúcar também crescem nas florestas tropicais. Por isso, faz sentido manter as florestas vivas e saudáveis.

Muitos grupos em todo o mundo estão pedindo aos governos e às empresas que parem de destruir as florestas. Esses grupos também estão educando os consumidores, que estão começando a perguntar como os produtos das florestas tropicais são colhidos e comprar apenas produtos que foram elaborados com o mínimo possível de dano para as florestas. Isso é chamado de colheita sustentável, ou seja, substituir o que você retirou da floresta, como o plantio de uma árvore para cada árvore que você cortar, de forma que a floresta possa sobreviver.

O problema é que nem todos estão praticando colheitas sustentáveis. De fato, enquanto você ouvia todas essas informações, cerca de 60 hectares de floresta tropical foram destruídos.

Somos a última geração que pode evitar que as nossas florestas desapareçam para sempre. Vamos continuar a plantar árvores e lembrar que a floresta é mais valiosa para nós enquanto ainda estiver viva.


Apêndice:

Aqui estão alguns nomes e endereços de grupos que você pode consultar para verificar como pode ajudar:

  • Rainforest Action Network, 450 Sansome, Suite 700, San Francisco CA 94111, Estados Unidos. Fone (415) 398-4404.
  • Greenpeace Brasil, Rua dos Pinheiros, 240/32, São Paulo/SP, Brasil. Fone 55 11 282 5500.
  • World Wildlife Fund Peru, Richard Bustamante, Coordenador de Programas, Comandante Espinar 350-401, Miraflores, Lima 11, Peru. Fone 51 14456 190.
  • World Wildlife Fund Madagascar, Dra. Sheila O’Connor, Representação WWF, B. P. 738, Antananarivo 101, Madagascar. Fone 261 2 34885/34638.
  • World Wildlife Fund Costa Rica, Miguel R. Cifuentes, Coordenador Regional, América Central, 7170 Catie, Turrialba, Costa Rica. Fone 506 556 1383/1712/6188/6431.
  • Shabat Alam Malaysia (SAM), S. M. Hohd Idris, 19, Jalan Kelawei, 10250 Pulau Pinang, Malásia. Fone (604) 376930.

Créditos:

Este roteiro foi escrito por Chris Szuskiewicz, escritor freelancer de Toronto, Canadá. Ele foi revisto por Biz Agnew do World Wildlife Fund em Toronto, Canadá, e Sarah Huntoon da Rainforest Action Network em São Francisco, Estados Unidos.

Fontes de informação:

Outreach, rede de treinamento e ensinamento de consciência de saúde e ambiental, n° 46, 47 e 48: Tropical Forests, Focusing on Rainforests, Partes 1-3 e n° 99: Indigneous Peoples (Parte 2). The Teaching and Learning Center, 200 East Building, 239 Greene Street, Universidade de Nova Iorque, NY 10003, Estados Unidos.

It’s a Matter of Survival, Anita Gordon, David Suzuki, Lynn Glazier, Programa 3, CBC Radio Program Transcripts, julho de 1989. Canadian Broadcasting Corporation, Box 500, Station A, Toronto, Ontário, M5W 1E6, Canadá.

Facts About The Rainforests, Folha Informativa n° 1D, 1993. The Rainforest Action Network, 450 Sansome, Suite 700, São Francisco CA, 94111, Estados Unidos.
Greenlink, Greenpeace Canadá, Volume 3, número 3, 1995, pág. 15. Greenpeace, 185 Spadina Avenue, 6th Floor, Toronto, Ontário, M5T 2C6, Canadá.

Going, Going, Gone…, Greenpeace Estados Unidos, Folha Informativa. Greenpeace, 1436 U Street, NW, Washington, DC, 20009, Estados Unidos.


A Rádio Rural Internacional (Farm Radio International) é uma organização canadense sem fins lucrativos dedicada a apoiar emissoras de rádio em países em desenvolvimento para fortalecer comunidades rurais e a agricultura em pequena escala.

Segundo a organização, o material da Rádio Rural Internacional pode ser copiado ou adaptado para distribuição gratuita ou a preço de custo, com crédito para a Rádio Rural Internacional e para as fontes originais.

Esta versão em português é um trabalho voluntário, independente da organização e oferecido gratuitamente para as emissoras de rádio dos países de língua portuguesa. O texto foi traduzido para o português do Brasil, mas pode ser adaptado com facilidade para o português falado em outras partes do mundo (para dúvidas sobre os termos empregados, utilize o formulário de contato em https://radioruralportugues.wordpress.com/creditos-e-contato/).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s