Dicas agrícolas gerais

Material produzido pela Rádio Rural Internacional em 1° de agosto de 1992, como parte do pacote de informações n° 26.

Original em inglês disponível em: http://www.farmradio.org/radio-resource-packs/package-26/general-farming-tips/.


Observações para as emissoras:

Os parceiros da Rádio Rural Internacional descobriram que os métodos a seguir funcionam bem nas suas regiões.  Se você os experimentar, conte se eles funcionam para você.  Embora estes artigos tenham sido editados, eles não foram pesquisados nem verificados pela Rádio Rural Internacional.


Roteiro:

Fumaça da cozinha conserva o milho

James Kalikwani; Diretor da Variety Farmers, Jinja, Uganda.

Depois que o milho secar no campo e estiver pronto para a colheita, selecione as espigas saudáveis que você quer guardar. Corte as hastes e as espigas com uma faca afiada e amarre-as em um feixe. Pendure-as perto da área de cozimento. A fumaça da cozinha protegerá o milho contra as pragas.


Capim pé de galinha, aquela velha safra

James Nyamache, Professor, Escola Primária de Nyangoso, Kisii, Quênia

É importante plantar variedades tradicionais. Sem dúvida, as safras antigas ainda são úteis, talvez até mais úteis, que as modernas plantas híbridas. Por isso, devemos incentivar os agricultores a plantar essas plantas antigas.

Na minha região, temos uma safra antiga importante chamada capim pé de galinha. Não são muitas pessoas que cultivam essa planta atualmente, mas as pessoas estão falando em plantá-la novamente porque o milho híbrido, que assumiu o seu lugar, às vezes danifica o solo. Depois de cultivar capim pé de galinha, o solo é fértil, administrável e é fácil cavar nele. Isso ocorre porque o capim pé de galinha é realmente uma gramínea.

Os grãos de capim pé de galinha podem ser armazenados por vários anos sem serem atacados por insetos pragas, desde que fiquem em um lugar seco e limpo. O único momento em que alguém poderá perder um pouco da safra de capim pé de galinha é durante o amadurecimento dos grãos no jardim. Isso acontece porque os pássaros gostam de comer os grãos.


Impeça os ratos de subirem nos coqueiros para comer seus cocos

Uzoma Nwagwugwu, professora, Lagos, Nigéria

Aqui estão algumas formas para que você evite que os ratos comam cocos nas suas árvores. Primeiro, verifique o espaçamento entre os cocos para evitar que as folhas de uma árvore toquem as demais. Assim, os ratos não poderão pular de uma árvore para outra.

Você pode também usar folhas de alumínio ou lata, mas estas podem ser caras. A folha metálica deverá ter de 30 a 50 centímetros de largura e comprimento suficiente para enrolar o tronco uma vez. Enrole-a sobre a árvore na altura suficiente para que os ratos não possam pular sobre ela e pregue-a na árvore. Os ratos não conseguem cruzar a folha metálica ou de alumínio porque ela será escorregadia e eles vão cair.

Você pode também usar adesivos que capturam os ratos ou evita que eles escalem a árvore. Esfregue os adesivos sobre o caule acima das raízes da árvore.

Ao usar qualquer um desses métodos, é importante manter as ervas cortadas na base da árvore para que não haja esconderijos para os ratos.


Técnica de controle de moscas

Javier S. Gho, Responsável por programas rurais, TECHNE, Santiago, Chile

Você pode reduzir o número de moscas em volta da sua casa fazendo com que as moscas depositem seus ovos em uma armadilha.

A armadilha é um recipiente raso cheio com 2,5 cm de óleo combustível. O recipiente é parcialmente coberto com uma rede de mosquitos. A rede de mosquitos é coberta com 2,5 cm de esterco adoçado com melaço, xarope de cana de açúcar ou uma solução de água e açúcar.

As moscas põem seus ovos no esterco. Quando as larvas emergem, elas procuram a escuridão e caem no óleo combustível.


Serragem enriquece o solo

Aung Hein, Palestrante, Instituto Agrícola Estatal, Yangon, Mianmar

Os agricultores podem aumentar o teor de matéria orgânica do solo por meio da adição de esterco, composto ou por meio da incorporação de plantas de adubação verde ao solo. Serragem é outra opção para os agricultores com um pequeno pedaço de terra. Mas é importante tratar a serragem antes do uso para evitar que as plantas amarelem ou percam as boas condições de saúde. Aqui está uma forma simples de tratar a serragem.

Primeiro empilhe a serragem que você quer usar. Depois faça uma solução fina de esterco animal e água. Você pode usar esterco animal fresco ou decomposto. Pulverize a solução de esterco sobre a pilha de serragem e agite vigorosamente. Deixe em repouso por algumas semanas até a decomposição completa da serragem. Quando a serragem estiver bem decomposta, você pode usá-la da mesma forma que usa esterco animal. Ela forma, por exemplo, um bom adubo verde. Você pode também misturar a serragem diretamente no solo. Isso melhora o crescimento das plantas e a produção.


Boa forma de cultivo de árvores

Suwaiba Suleiman Isah, Responsável por atualidades, Serviço Estatal de Rádio e Televisão de Katsina, Nigéria

A Associação Nigeriana de Mulheres Jornalistas começou uma campanha bem sucedida de plantio de árvores em partes do país onde o deserto está avançando. As pessoas começam a plantar no começo da estação chuvosa, de forma que as árvores estejam bem estabelecidas antes do fim das chuvas. Para cada muda de árvore, elas cavam um buraco com trinta centímetros de profundidade e quinze centímetros de diâmetro. Elas removem cuidadosamente a embalagem da muda sem danificar a bola de solo em volta das suas raízes. Depois elas abaixam as raízes e o solo no buraco, mantendo a haste, os galhos e as folhas da muda acima do solo. Elas enchem o buraco primeiro com o solo superior, depois com solo mais fundo, cuidadosamente embalados. Quando a planta ficar firme, elas a regam bem. Para proteger as mudas contra os animais que poderiam comê-las, elas usam cercas ou arbustos dobrados para afastar os animais.

Elas fertilizam as mudas com esterco, o que deverá ser feito algumas semanas depois do plantio, e as mantêm regadas. A Associação Nigeriana de Mulheres Jornalistas indica que as árvores ajudam a evitar a expansão do deserto e também fornecem lenha, postes, forragem para animais, alimentos e remédios para as pessoas.


Faça fogo em baldes

Opiro Kenneth Lakuma, Agente de Extensão Rural Distrital, Ministério da Água, Energia, Minerais e Proteção do Meio Ambiente, Mpigi, Uganda

O fogo tradicional em três pedras desperdiça lenha valiosa. Você vai economizar muita lenha se fizer seu fogo em baldes velhos.

Retire o fundo do balde e faça buracos em volta dele usando um prego de quinze centímetros. Na extremidade mais larga do balde, que será aquela que fica sobre o solo, martele a borda para que fique curva para dentro. Corte agora duas aberturas arqueadas em lados opostos da extremidade mais larga. Faça as aberturas suficientemente grandes para encaixar lenha através delas.

Agora você vai precisar revestir o lado interno do balde com uma mistura que irá reter o calor. A mistura é uma combinação de argila, palha de painço ou outro tipo de resíduo similar, esterco e água. Deixe em repouso por uma semana e use para revestir o lado interno do balde até a espessura de quatro centímetros. Deixe secar por mais uma semana e estará pronto para uso.

Você precisará revestir novamente o balde com a mistura de argila pelo menos a cada seis meses O método do balde usa apenas a metade da lenha do fogo de três pedras tradicional porque retém mais calor no seu interior. O balde fica quente o suficiente para ferver água mesmo depois da remoção da lenha.


Como plantar em fileiras retas

Grace Andah, Serviços de Extensão Agrícola, Gana

É possível plantar em fileiras retas, mesmo sem ajuda de um trator ou máquina de plantio. Em Gana, os agricultores fazem isso usando três ou mais postes altos chamados de postes de observação. A ideia é colocar os postes em linha reta e andar de um para o outro, plantando enquanto isso. As vantagens do plantio em fileiras é poder cultivar mais alimento e ter menos ervas e colheita mais fácil.

Aqui está como isso é feito. Escolha postes retos com pelo menos dois metros de comprimento. Quanto mais postes, mais retas ficarão suas linhas. Marque a largura que você quer ter entre as suas fileiras sobre os postes, verificando para que as marcações sejam idênticas em cada poste. Agora comece em um canto do seu campo e coloque os postes no chão, alinhando para marcar a primeira fileira. Se você tiver apenas três postes, coloque um em cada extremidade e um no centro da fileira. Agora aproxime-se do primeiro poste e faça o primeiro plantio. Depois pegue o poste e, usando a marcação de largura sobre ele, coloque-o na terra onde ficará a próxima fileira. Agora posicione-se novamente no seu primeiro plantio, de frente para o restante dos postes. Plante toda a fileira enquanto você anda em direção aos postes, reposicionando cada poste para a fileira seguinte quando for a sua vez. Assim, quando você terminar a sua primeira fileira, os postes estarão no lugar para a segunda fileira e assim por diante. Você terá um campo plantado rapidamente em fileiras retas.


Cultivo de cogumelos de palma oleaginosa (à moda de Gana)

Peter Dabo, Agente de Extensão Distrital, Ministério da Agricultura, Mampong-Ashanti, Gana

Os cogumelos de palma oleaginosa são deliciosos. Eles fornecem uma boa fonte de proteína necessária para o crescimento das crianças. Esses cogumelos normalmente crescem em troncos de palma oleaginosa apodrecidos. Aqui está uma forma de cultivá-los.

Em uma área com sombra, cave uma cova grande com cerca de dois metros de diâmetro e 70 centímetros de profundidade. Cubra os lados e o fundo da cova com folhas de bananeira frescas ou uma folha de plástico perfurada. Você pode também usar folhas de bananeira secas ou palha de arroz, mas, neste caso, você deve mergulhá-las em água por uma noite.

Na cova, faça uma pilha de cascas de mandioca, inhame e taro. Regue bastante a pilha com água quente, para matar insetos e bactérias. Agora pegue um corpo maduro de cogumelo de palma oleaginosa e amasse bem em água. Pulverize essa mistura sobre a pilha. O que você está fazendo é semear a pilha com os esporos do cogumelo. Isso também é chamado de inoculação. Você pode também conseguir os esporos de troncos de palma oleaginosa apodrecida ou de um laboratório de inoculação.

Agora regue a pilha e cubra com folhas de banana ou plástico. Deixe repousar por cinco dias. No sexto ou no sétimo dia, regue suavemente a pilha. Se for a estação seca, regue a pilha a partir de então uma ou duas vezes por dia, de manhã ou à noite. Pare de regar quando surgirem cabeças de cogumelo e só reinicie quando as cabeças tiverem o tamanho de grãos de milho. Se for a estação das chuvas, não regue a pilha. Em vez disso, cubra a pilha para que a chuva não caia diretamente sobre ela.

Você pode colher os cogumelos em 14 a 21 dias depois da inoculação.


A Rádio Rural Internacional (Farm Radio International) é uma organização canadense sem fins lucrativos dedicada a apoiar emissoras de rádio em países em desenvolvimento para fortalecer comunidades rurais e a agricultura em pequena escala.

Segundo a organização, o material da Rádio Rural Internacional pode ser copiado ou adaptado para distribuição gratuita ou a preço de custo, com crédito para a Rádio Rural Internacional e para as fontes originais.

Esta versão em português é um trabalho voluntário, independente da organização e oferecido gratuitamente para as emissoras de rádio dos países de língua portuguesa. O texto foi traduzido para o português do Brasil, mas pode ser adaptado com facilidade para o português falado em outras partes do mundo (para dúvidas sobre os termos empregados, utilize o formulário de contato em https://radioruralportugues.wordpress.com/creditos-e-contato/).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s