Como formar um grupo de discussão

Material produzido pela Rádio Rural Internacional em 1º de dezembro de 2012, como parte do pacote de informações n° 95.

Original em inglês disponível em: http://www.farmradio.org/radio-resource-packs/package-95-researching-and-producing-farmer-focused-programs/how-to-conduct-a-focus-group/.


 

Observações para as emissoras:

Este artigo fornece mais informações e dicas sobre o estabelecimento de grupos de discussão com agricultores.

Um grupo de discussão é simplesmente um grupo de pessoas orientado por um facilitador que fala livremente sobre questões específicas. Os grupos de discussão frequentemente solicitam às pessoas que respondam a questões específicas, embora as questões possam ser muito amplas ou mais restritas e específicas.

Chamamos de grupo de discussão porque ele se concentra em um tema específico que o facilitador deseja explorar. O facilitador não apenas formula questões, mas também ajuda a orientar a discussão de volta para o tema caso ela se afaste do foco pretendido.


Roteiro:

Informações básicas: Organize uma reuniões separadas com homens e mulheres, pois as questões agrícolas que preocupam as mulheres muitas vezes são diferentes das que preocupam os homens. Além disso, o horário em que as mulheres querem e podem ouvir o rádio muitas vezes é diferente do horário em que os homens ouvem rádio.

Preparação da reunião: Na maior parte dos lugares, existe um procedimento local a ser seguido para organizar uma reunião com as pessoas da comunidade. Se você não conhece esse procedimento, consulte pessoas ou organizações na sua região que saibam o que fazer.

Não deixe de levar alguém com você para fazer notas e, se possível, use um gravador de áudio para gravar a discussão. Quando você organizar a reunião, não deixe de pedir permissão para gravar a reunião e fazer notas. O facilitador do grupo de discussão deverá garantir que todos os participantes concordem em conceder sua permissão para gravação de áudio. Se não houver consenso, o facilitador deverá adotar a política de não transmitir a discussão pelo rádio.

É importante chegar no horário. Os agricultores frequentemente estão muito ocupados e não deverão ser afastados de suas atividades diárias por mais tempo que o necessário. Naturalmente, todos os grupos de discussão devem ter lugar em idioma local e, por isso, esteja preparado para ter um intérprete com você em caso de necessidade.

Pense cuidadosamente sobre a forma de expressar questões para o grupo de discussão: Lembre-se de que suas questões deverão ser abertas. Isso significa que você deve formular as questões de forma que a resposta forneça informações detalhadas e não apenas sim ou não como resposta.

Evite questões dirigidas. Trata-se de perguntas que sugerem qual é a resposta certa.

Você deverá expressar suas questões a fim de minimizar a chamada “orientação de resposta”. A “orientação de resposta” ocorre quando as pessoas respondem às suas perguntas da forma em que elas acham que você quer que elas respondam e não segundo suas próprias crenças. Para minimizar a orientação de resposta, evite questões como “você ouve o nosso programa?” ou “do que você gosta no nosso programa?”. Você será mais propenso a evitar orientação de resposta se fizer perguntas menos diretas, como “As pessoas da aldeia ouvem o nosso programa?”, “o que elas dizem sobre ele?”. Esta abordagem menos direta deverá ajudar a obter respostas mais honestas, pois os entrevistados sentirão menos pressão para elogiar a emissora de rádio.

Introdução: Encontra-se a seguir um exemplo de como você poderá apresentar-se a um grupo de agricultores. Modifique conforme o necessário para você e para a sua audiência.

Obrigado por dedicar seu tempo para reunir-se comigo hoje.

Meu nome é __________ e sou produtor/apresentador na __________ (insira o nome da emissora de rádio). Sejam todos bem-vindos (cumprimente/apresente-se a todos).

Este é meu colega (indique a pessoa). O seu nome é __________. Ele(a) fará notas para mim, mas não tomará parte da conversa.

(Verifique se todos os entrevistados estão confortáveis, por exemplo, sentando-se em uma área que tenha espaço para todos na sombra)

Estou aqui hoje para aprender quais questões agrícolas são importantes para vocês. Também quero descobrir qual será o horário mais conveniente para vocês ouvirem um programa de rádio semanal sobre agricultura a ser transmitido pela __________ (insira o nome da emissora).

Vim aqui para aprender com vocês. Eu quero recolher suas ideias e opiniões. Não vou discordar do que vocês disserem, nem tentar convencer vocês a pensar diferente. Isso não é uma prova. Este é um momento em que vocês podem dizer qualquer coisa que pensarem sobre os temas que vou discutir com vocês.

Esta é uma discussão em grupo na qual todos falaremos sobre as coisas juntos como se estivéssemos conversando com nossos amigos ou nossa família. A única diferença é que estou aqui para orientar a discussão. Eu não quero falar muito: vim para ouvir as suas ideias e opiniões. Mas eu tenho uma lista de temas que gostaria de abordar. Por isso, às vezes vou direcionar a discussão de volta para esses temas.

A discussão será gravada. Eu preciso de uma gravação da nossa discussão porque vamos usar as suas opiniões para ajudar a desenvolver uma lista de temas a serem abordados no nosso programa agrícola no rádio. Eu posso também querer fazer um programa de rádio com base na gravação deste grupo de discussão. Mas eu só vou transmitir esse programa com a permissão de vocês.

A discussão em grupo levará entre uma hora e uma hora e meia. Espero que vocês achem esta discussão agradável e interessante. Lembrem-se: esta é a sua chance de apresentar as suas opiniões em um ambiente seguro.

Tudo o que eu disse está claro? Vocês têm alguma pergunta?”
Se alguém perguntar para quem as informações se destinam, digam: “as nossas discussões de hoje ajudarão a minha estação de rádio a projetar um programa agrícola no rádio; elas também nos ajudarão a decidir quando transmitir o programa”.

Perguntas: Depois de apresentar-se e descrever o processo (como acima), é hora de formular aos agicultores as questões que você preparou. Observe se há algumas pessoas que não estão falando e incentive-as a contribuir com a discussão.

Conclusão da discussão: É importante administrar o tempo que você tem disponível. Se as pessoas tiverem muito a dizer e você achar que precisará de mais tempo, você terá que pedir a permissão do grupo para aumentar um pouco o tempo da discussão. Se eles não puderem ficar, você precisará concluir no horário.

Após o término da discussão das suas questões preparadas, agradeça a todos pela contribuição e pergunte se há novas questões.

Cinco dicas para ajudar a concentrar as discussões em grupo:

1) Mantenha a concentração: mantenha as questões curtas, claras e dentro do tema. Alguns entrevistados ficarão confusos se ouvirem mais de uma pergunta de cada vez ou se as questões forem longas demais. O grupo pode perder seu foco facilmente. Mas, se a orientação for clara, o grupo dará boas respostas.

2) Organize-se: reúna todas as questões relativas a subtópicos da(s) questão(ões) chave.

3) Faça uma pergunta de cada vez: por exemplo, “quais medidas vocês tomaram para diversificar a sua produção?” e não “quais medidas vocês tomaram para diversificar as suas safras e quais medidas puderam ser tomadas para promover a diversificação da produção na comunidade?”

4) Vá se aprofundando aos poucos:

  • Comece pelas questões mais simples e siga para as mais complexas.
  • Comece pelas questões menos ameaçadoras e siga para as questões mais sensíveis.
  • Comece nas questões menos controversas e siga para as mais controversas.

Evite questões que confundam os participantes ou apresentem orientação:

  • Evite questões que peçam às pessoas que escolham entre mais de duas respostas. Este tipo de questões pode confundir facilmente as pessoas. Evite, por exemplo, questões como “o que é mais importante para você: dinheiro da agricultura, harmonia com a sua família ou um bom teto sobre a sua cabeça?” Mas fica bem (por ser menos confuso) perguntar “qual destes é mais importante para você?” se todas as alternativas estiverem relacionadas em um quadro.
  • Evite questões que incluam considerações imprecisas, dirigidas ou confusas. Por exemplo, a questão: “considerando o nível de criminalidade, qual é a segurança de andar à noite?” considera que existe alta criminalidade; que a pessoa conhece a taxa de criminalidade; e que a pessoa anda à noite.

Créditos:

Contribuição de Vijay Cuddeford, Editor Gerente, Rádio Rural Internacional, com base em um documento de David Mowbray, Gerente, Treinamento e Padrões, Rádio Rural Internacional, e Blythe McKay, Gerente, Recursos para Emissoras, Rádio Rural Internacional.

Revisão: David Mowbray, Gerente, Treinamento e Padrões, Rádio Rural Internacional.

Projeto realizado com apoio financeiro do Governo do Canadá, fornecido por meio da Agência Canadense para o Desenvolvimento Internacional (CIDA).

Fontes de informação:

Escalada e K. L. Heong, 2009. Focus Group Discussion. Este artigo sobre grupos de discussão foi escrito para ajudar os pesquisadores agrícolas do Instituto Internacional de Pesquisas sobre Arroz das Filipinas a conduzir discussões em grupo com os agricultores. http://ricehoppers.net/wp-content/uploads/2009/10/focus-group-discussion.pdf.

Monina Escalada, 2012, Focus Group Discussion. Este é outro documento, um pouco mais longo, sobre discussões em grupo para pesquisadores agrícolas do Instituto Internacional de Pesquisas sobre Arroz. http://devcompage.com/wp-content/uploads/2010/12/Focus-group-discussion.pdf.


A Rádio Rural Internacional (Farm Radio International) é uma organização canadense sem fins lucrativos dedicada a apoiar emissoras de rádio em países em desenvolvimento para fortalecer comunidades rurais e a agricultura em pequena escala.

Segundo a organização, o material da Rádio Rural Internacional pode ser copiado ou adaptado para distribuição gratuita ou a preço de custo, com crédito para a Rádio Rural Internacional e para as fontes originais.

Esta versão em português é um trabalho voluntário, independente da organização e oferecido gratuitamente para as emissoras de rádio dos países de língua portuguesa. O texto foi traduzido para o português do Brasil, mas pode ser adaptado com facilidade para o português falado em outras partes do mundo (para dúvidas sobre os termos empregados, utilize o formulário de contato em https://radioruralportugues.wordpress.com/creditos-e-contato/).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s